Intervenção Comunitária

A intervenção comunitária potencia práticas de inclusão que respondem não só às necessidades de sobrevivência, mas também a valores comunitários, como a cooperação, cogestão, coparticipação, comunicação, solidariedade e participação.

Intervir na comunidade implica um trabalho psicossocial realizado com as populações, tendo como objetivo a resolução de problemas e a promoção das potencialidades de uma comunidade através de uma ação ponderada entre vários agentes e a própria comunidade local.

Tem como princípios estimular a consciência crítica das pessoas, ao mesmo tempo que se promove o associativismo, se descobrem as capacidades das pessoas, se fomenta a ocupação dos tempos livres, proporcionando a educação psicossocial, bem como a procura de meios no sentido da resolução dos problemas existentes.

Gabinete de Apoio Psicossocial

O Gabinete de Apoio Psicossocial (GAP) do Centro Social da Lomba pretende ser uma mais-valia, quer do ponto de vista do acompanhamento social e psicológico, quer no que diz respeito à promoção e desenvolvimento de competências pessoais e sociais que permitam às crianças e jovens prevenir comportamentos de risco geradores de situações de delinquências e exclusão social, bem como acompanhar e/ou encaminhar adultos e famílias em situação de vulnerabilidade psicossocial.

O âmbito de intervenção do GAP compreende:

  • Atendimento, encaminhamento, acompanhamento psicossocial individual/grupo de crianças, pré-adolescentes, adolescentes, adultos e famílias;
  • Avaliação individual/familiar da situação ao nível social. Quando diagnosticada a existência de fatores de vulnerabilidade social será feito um acompanhamento em articulação com as estruturas da comunidade;
  • Avaliação psicológica individual com recurso a instrumentos que permitem um diagnóstico ao nível psicológico;
  • Orientação vocacional para adolescentes e adultos que não estejam seguros das suas aptidões, escolhas e interesses a nível escolar e profissional;
  • Psicoterapia Individual para adultos e crianças;
  • Diagnóstico das necessidades psicossociais à população da freguesia, através de domicílios exploratórios;
  • Desenvolvimento e acompanhamento de projetos de ação comunitária, e criação de estratégias de prevenção de situações de risco e promoção da qualidade de vida no âmbito da educação, formação, emprego, saúde, (re) inserção social e familiar.

O GAP é constituído por duas técnicas superiores com formação em Serviço Social, Dr.ª Ivone Oliveira e em Psicologia, Dr.ª Cristina Costa, responsáveis pelos respetivos serviços do Gabinete.

 

Os atendimentos efetuam-se apenas por marcação.

 

Contacto do GAP:

gabinetepsicossocial@centrosocialdalomba.pt